Think, Learn and Execute

Autor: Marcus Mendonça

 

Bem vindos, vou montar este artigo em um tom de conversa, para podermos debater com uma maior amplitude e muito mais a vontade. Bom vamos lá.

Não venho aqui falar de Experimenting testing ou mesmo de sistemas RPA, vim falar de nossas carreiras, de nossas vidas, através do que venho acumulando durante anos e do que venho observando durante este mesmo tempo.

Tudo na vida tem estas três palavras, Think (Pense), Learn (Aprenda) e Execute (acho que não preciso traduzir :-)). Todo projeto vem de uma ideia, e através desta ideia (necessidade) passamos a aprender como traduzir a mesma para nosso mundo real, e depois desta feita temos a capacidade de torná-la uma realidade. Mas isso já é sabido, não é mesmo? Não, infelizmente não é, e vou mostrar o porque.

Muitas pessoas pensam, mas em virtude do nosso mundo corrido e da nossa pouca capacidade de empreender, não passam para as duas etapas seguintes. Pensar, que nem sempre é simples, é apenas a ponta do Iceberg do nosso sonho, ela que é o start das nossas realizações, sempre acontecem e morrem em muitos dos casos em nossas vidas porque não temos a coragem de partir para a próxima etapa, que é aprender. Aprender denota tempo, e nem sempre é divertido e emocionante como uma partida de DOOM :-), mas é compensatório quando saímos da inercia que nos domina e nos forçamos a aprender. Aprender denota tempo como já disse anteriormente, e tempo leva um gasto de vida (?), e este gasto pode não ser recuperado se o aprendermos da forma errada.

Mas existe uma forma de aprender da forma correta? Sim existe, e vários povos como os Japoneses já descobriram faz tempo e aqui na cultura Latina nos esquecemos. Aprendemos com a experiência, lembre-se que as metodologias foram criadas através das experiências práticas e que estas mesmas geraram os conceitos que hoje nos parecem tão banais e que podemos jurar que sempre estiveram ali. A Experiência vem de quem já passou por isso e conhece o caminho das pedras, mas não é apenas na idade e sim na capacidade de consolidar esta experiência e evoluir conforme o tempo, que torna a experiência deste profissional ou grupo valiosos. Lembre idade é um grande fator de experiencia, mas idade desalinhada com as mudanças da sociedade se torna obsolência. Mas estamos falando de Learn, bom com a fonte de experiência correta podemos desenvolver o que pensamos (Think) e quanto mais aprendemos mais podemos ter ideia da realidade, e quanto esta realidade pode se tornar factível. Esta fase de aprendizagem (LEARN) deve ser a mais demorada de todo o processo, pois ela será o alicerce de todo o seu sonho (projeto) e se ela não estiver muito consolidada você terá um vazio e vazio em determinados projetos se tornam buracos negros que engolem os mesmos e os fazem desaparecer.

Bom, depois de tudo isso, chegamos ao EXECUTE, não é mesmo? Hum sim, mas execução tem dentro uma fase que se chama planejar (Ah poxa você não colocou isso lá em cima). Ah, mas planejar é essencial e o planejamento antecede a execução (minhas aulas de PMBOK) e digo ainda mais ele corre paralelo a execução, que diferentemente dos projetos tradicionais tende a ser continua e sem fim, e tem que ser continua e sem fim, pois se trata do seu sonho e da sua empresa, mas como assim? Vamos lá, a Microsoft, para usar como exemplo, desenvolveu o Windows (ah sei), mas e aí, o Windows era um projeto certo? Ele teve começo, meio e Fim(?), não ele não teve fim, ele só virá a ter fim quando o sonho do produto Windows se findar, quando mais ninguém queira este, e quando será isto? Para a Microsoft ela espera que nunca, ou até mesmo que ele possa gerar um sucessor a altura e muito melhor, antes disso nada de fim. É assim que devemos tratar nossos sonhos (projetos), seja no âmbito comercial ou mesmo no pessoal, devemos sempre pensar que ele não terá fim enquanto nos for útil dentro do que sonhamos. Portanto meus amigos leitores, THINK-LEARN-EXECUTE pois a vida não espera.

 

Marcus Mendonça

Canal Quem Sabe e Mentor de Negócios

Quemsabementoria.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *